Home / Notícias / Archive by category "Auditoria"

Auditoria

Adiada a Nova Contabilidade para as Administrações Públicas

Foi adiado para 1 de Janeiro de 2018 a implementação do Sistema de Normalização Contabilística para as Administrações Públicas (SNC – AP). Esta decisão foi tomada em Conselho de Ministros no passado dia 17 de Novembro do corrente. Como pode ler-se no ponto n.º 6 do Comunicado: “Tendo sido verificado que não se encontravam reunidas as condições técnicas, legais e institucionais para a entrada em vigor do novo referencial contabilístico em 1 de janeiro de 2017, decidiu-se criar a obrigação de aprovação de um plano de ação para a implementação do SNC-AP e adiar a respetiva entrada em vigor para...
Saiba Mais

Remuneração convencional do capital social – Alterações constantes na proposta de Lei do Orçamento de Estado 2017

A proposta de lei do Orçamento de Estado para 2017 prevê alterações muito significativas, no âmbito do benefício fiscal da Remuneração Convencional do Capital Social, previsto no artº 41º-A do EBF, que, salvo melhor opinião, constituem vantagens acrescidas para as empresas. As alterações previstas, vêm na sequência do “programa capitalizar” aprovado pelo Governo (Comunicação do Conselho de Ministros de 14.07.2016) e que constitui um programa estratégico de apoio à capitalização das empresas, à retoma do investimento e ao relançamento da economia, com o objetivo de promover estruturas financei...
Saiba Mais

Contabilidade Simplificada para a Administração Pública (SNC)

Contabilidade Simplificada para a Administração Pública
Pelo Decreto-Lei n.º 192/2015, de 11 de Setembro, foi implementado o Sistema de Normalização Contabilística para as Administrações Públicas (SNC-AP), que é o regime contabilístico de todos os serviços e organismos da administração central, regional e local que não tenham natureza, forma e designação de empresa, ao subsector da segurança social, e às entidades públicas reclassificadas. Como a Contabilidade Simplificada para a Administração Pública (SNC) tinha um regime geral de contabilidade simplificado para as “pequenas entidades” e “microentidades”, foi também criado para a Administração Pu...
Saiba Mais

Quociente familiar vai ser alterado

Quociente familiar
Em 2015, um casal que opte pela tributação conjunta, o quociente familiar é calculado dividindo por 2 + 0,30 por cada dependente ou ascendente que integre o agregado familiar. Se não optar pela tributação conjunta,  o rendimento colectável de cada um dos conjuges é dividido por 1 + 0,15 por cada dependente ou ascendente que integre o agregado familiar, porém a redução à colecta está limitada a: Na tributação conjunta: 600 Euros nos agregados com 1 dependente 1.250 Euros nos agregados com 2 dependentes 2.000 euros nos agregados com 3 ou mais dependentes Na tributação separada: 300 Euros n...
Saiba Mais
Top